Notícias

Dez mil residências e estabelecimentos estão sem luz por causa da chuva no Rio




De acordo com a Light, total de clientes afetados chegou a 80 mil na noite de segunda-feira. Não foi informado prazo para restabelecer serviço

Na Barra da Tijuca, uma das áreas mais afetadas por interrupção de energia, carro ficou submerso em mergulhão, na altura da Armando Lombardi - Luciano Belford/Agência O Dia

Rio - Cerca de 10 mil clientes da Light, entre residências e estabelecimentos comerciais, ainda estão sem luz, 24 horas após o início da tempestade que atingiu o Rio na noite dessa segunda-feira. Desse total, 60% estão concentrados na Barra da Tijuca e em Jacarepaguá, principalmente devido à queda de árvores sobre a rede e deslizamentos de terra, informou a concessionária. Às 23h de ontem, a empresa chegou a registrar 80 mil clientes com o serviço interrompido devido à forte chuva.

A concessionária não deu previsão para o completo restabelecimento do serviço. Questionada sobre o prazo, destacou que "cerca de 1,7 mil profissionais trabalham para restabelecer o fornecimento e ainda há problemas de acesso das equipes, o que demanda maior tempo para normalização".

A Light ressaltou ainda que o número de 80 mil com o fornecimento afetado representa 2% do total de clientes, "o que representa, portanto, uma redução de 88% no número de ocorrências". E acrescentou, como comparativo, que "na chuva de fevereiro deste ano, 10% dos consumidores da Light foram interrompidos, o que mostra que os impactos são causados, principalmente, por fatores externos, como ventanias, quedas de árvores e deslizamentos, fatores preponderantes para os desligamentos naquele mês".

Reparo na rede de esgoto

A Cedae informou que não há interrupção no fornecimento de água. Além disso, atua em reparo emergencial em rede de esgotamento sanitário que foi afetada na Avenida Niemeyer, em São Conrado. "Equipes da Cedae estão vistoriando as redes da companhia e atuando em reparos emergenciais. Quanto ao abastecimento, não há interrupção no fornecimento de água", ressaltou a companhia, em nota.

A empresa acrescentou que colocou à disposição da prefeitura do Rio, nesta terça-feira, 20 veículos (caminhões de sucção para retirar lixos dos bueiros e galerias de águas pluviais) e duas retroescavadeiras para auxiliar nos serviços necessários para reparar os danos causados pelas fortes chuvas.

Fonte:https://odia.ig.com.br/



Serviço Oferecido por Cabreu Voip
Sistema Midia Ambiente